Mês de conscientização sobre o linfoma

O Linfoma é um câncer que tem origem em uma célula chamada linfócito – um tipo de glóbulo branco . Esta célula se acumula em regiões do nosso corpo chamada de Linfonodos ou Gânglios Linfáticos ( popularmente conhecidos como ínguas ). Em condições normais, os linfócitos realizam a defesa do nosso organismo contra infecções. Quando estas células sofrem mutações e se proliferam de maneira desorganizada surge o Linfoma.

Como o Sistema Linfático está presente em muitas regiões do nosso organismo, o linfoma pode acometer os mais variados locais ( pele, estômago, intestinos, mama, medula óssea etc ) mas o mais comum é o envolvimento nodal .

Sintomas principais:

  • Emagrecimento
  • Aumento dos gânglios , principalmente em regiões como pescoço, axilas e virilhas;
  • Sudorese Noturna ( suores no período da noite );
  • Febre vespertina diária ( febre baixa, final da tarde, não relacionada a infecções );
  • Dor no peito, falta de ar e tosse ( em linfomas que acometem o mediastino -região do tórax );
  • Prurido ( coceira pelo corpo)

Fatores de Risco

A maioria dos casos não apresenta um fator causal. Alguns fatores de risco:

  • Imunossupressão : causada por medicações ou doenças hereditárias e infecciosas como HIV;
  • Exposição a Radiação e Substancias químicas (solventes e pesticidas);
  • Idade : Acometem todas as faixas etárias porem , os Linfomas Hodgkin acometem mais frequentemente indivíduos jovens ( 15-40 anos ) enquanto que Linfomas Não Hodgkin tem maior incidência em pessoas acima dos 60 anos.

No próximo artigo, falaremos sobre os tipos de linfoma, diagnóstico e tratamento. Fiquem atentos.

COMPARTILHE ESSE POST

Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin
Share on pinterest
Share on print
Share on email

sobre nós

Assine para ficar por dentro das novidades